imento-pedreiro-civil-profissao-economia-edificio-engenharia-arquitetura-ferramenta-parede-trabalhador-tijolo-construir-erguer-homem-1270680952373_615x300

Perguntado sobre o que sentia quanto ao que estava fazendo (assentar tijolos), o pedreiro respondeu:

  • É uma droga! É um trabalho qualquer e até o mestre de obras ganha mais que eu…

Outro, que fazia o mesmo serviço, respondeu:

  • É importante cada tijolo e quando o prédio ficar pronto sempre saberei que um pouquinho dele fui eu que fiz!

Estas respostas, se detalhadas, dariam um livro cada. E outras seriam possíveis, para todos os gostos. Por ora, considere que cabe a cada pessoa gostar e perceber o valor, ou não, do que tem e faz. E quando se defrontar com o que não é do seu gosto e plano, fazer-se de vítima e dar a isto o nome de problema; ou, aceitar como mais um desafio a tentar vencer.

Se otimismo nem sempre resolve nossas dificuldades, pessimismo é que não o fará.

Que você está fazendo com os seus tijolos?

 

José Carlos de Oliveira

jc@radioplena.com.br – fb.com/oliveirajosecarlos 

Publicado originalmente em 16 de maio de 2006