sorte-e-voce-quem-faz

Todas as vezes que me defronto com o que não é da minha preferência e plano, freqüentemente minha primeira reação não é adequada, mas, tento me corrigir para encarar e enfrentar mais aquele desafio.

Muitos desafios que enfrento me foram impostos, em parte ou no todo, pela ação ou omissão de terceiros: com certeza ou na minha relativa opinião. Com sensatez, cobrar solução deles e agir com eles, conforme cada caso, é necessário. E é fundamental não ficar somente a esperar que terceiros resolvam minhas questões. Isto faço eu, melhor que ninguém. Sem egoísmo, com civilidade e respeitando pessoas e instituições. É um princípio que sugiro toda vez que alguém dá um minuto para me ouvir ou ler.

Nem todas as minhas batalhas vencerei, mas, em todas lutarei.

 

José Carlos de Oliveira

jc@radioplena.com.br – fb.com/oliveirajosecarlos 

Publicado originalmente em 16 de maio de 2006