1280px-Pietro_Perugino_cat13e2_zps1f6c966a

Igreja Doméstica: é o nosso lar, nossa família, uma comunidade de Deus.

Igreja Local: é a Paróquia – Para (ao redor de) + Quia (casa). Paroquianos são as pessoas que vivem ao redor da casa do Senhor. Uma Paróquia é dividida em Capelas ou Comunidades e em número variável conforme cada realidade. É administrada por um Pároco.

Igreja Particular: são as Dioceses (quando são muito grandes são chamadas Arquidioceses). São divididas em Setores de Paróquias.

(Arqui)Diocese – Igreja Particular – é uma circunscrição territorial – com administração eclesiástica de Arcebispo (com um ou mais Bispos auxiliares), Bispo ou Patriarca. É comunidade de fiéis em comunhão na fé e nos Sacramentos com seu Bispo ordenado na sucessão apostólica (*).

Cada Setor é uma delimitação geográfica da (Arqui)Diocese, formada por um conjunto de Paróquias com características semelhantes ou de um determinado espaço geográfico.

As quadras ou micro territórios que recebem as visitas das Capelinhas de Nossa Senhora são os micro ou mini Setores (a devoção popular chama-os de Setores).

Igreja Universal: é a Igreja como um todo, no mundo inteiro. Sua Sede é em Roma, seu Bispo é o Papa, e é também chamada de Sé Apostólica.

(*) O Papa é sucessor de São Pedro, o primeiro Papa. Os Bispos da Igreja são sucessores dos Apóstolos.

            Nas celebrações e outras atividades o paroquiano tem participação  nos limites da Capela ou Comunidade, da Paróquia, do Setor e da Diocese ou Arquidiocese. Pode ainda participar de um mini ou micro Setor (Capelinhas) e integrar uma Pastoral, Movimento ou Serviço. E o faz, constantemente, em unidade com a Igreja Universal – Vaticano, Roma, Sé Apostólica, Papa Francisco.

          Católica é palavra grega que significa universal, para todos, plena, total, completa, integral, suficiente…

Eis pequenina amostra da encantadora Eclesiologia.

 

José Carlos de Oliveira

jc@radioplena.com.br – fb.com/oliveirajosecarlos 

Publicado originalmente em 31 de janeiro de 2016