Coleta-seletiva-tratada

Este ano, em quase todas as dezenas de eventos de que participei em ambientes religiosos nos quais aconteceu almoço ou lanche, copos, pratos, talheres e outros materiais recicláveis continuaram a ser colocados nas mesmas lixeiras onde foram os restos de comida. Desperdício de água, eletricidade, alimentos e outros materiais continuam sendo típicos da maioria absoluta dos cristãos que oram ao Deus de toda a criação, garantem amá-Lo, enquanto contradizem esse amor cuidando mal e matando o planeta que Ele criou…

De umas décadas para cá, a começar por países que primeiro exploraram demais os recursos naturais e poluíram, até em territórios dos outros, um monte de gente aprendeu que a humanidade exauriu o planeta a ponto de ele cada vez menos se recuperar e tender para a morte antecipada. Então, cada vez mais pessoas vão educando e se reeducando para atitudes sustentáveis; porém, são minoria e em países não desenvolvidos, tais como o Brasil, a situação é pior.

Ter convicção do próprio cristianismo e ser conhecido como cristão se confirma ou se contradiz conforme se é ou não sustentável. Se o cristão não tem atitudes realmente, honestamente e crescentemente sustentáveis: que cristão é esse?

Como nem tudo é caos, por iniciativa do Pároco da Paróquia São José, na Comunidade Matriz foi instalado um sistema para coleta e reaproveitamento de águas pluviais. Além de economizar dinheiro, é um modo de reduzir o consumo ou desperdício de água tratada para lavar calçadas, regar jardins etc. É um grande primeiro passo. Outros hão de vir e servir de exemplos.

Até em Curitiba a coleta e destinação de resíduos orgânicos, não orgânicos e recicláveis é cheia de falhas por causa da falta de conscientização e segundas intenções de muitos dos agentes partícipes dessa cadeia. Isso não impede que cada pessoa digna e consciente faça o que esteja ao seu alcance e seja exemplo!

Capelas, sacristias, cozinhas, salas de formação, auditórios, salões, secretarias e estacionamentos, haveriam de ser frequentados e cuidados com atitudes sustentáveis, refletindo o que as pessoas são e fazem em suas casas e em todos os lugares e atividades, demonstrando o apuro e fidelidade de seu cristianismo e de suas orações. Será que tão urgente milagre vai acontecer? Cada cristão que inserir este propósito ao seu processo de conversão contribuirá com sua cota parte…

Sua inclusão, permanência e evolução entre as pessoas sustentáveis seja seu presente de Natal, todos os dias, para todos!

 

Publicação original em 1 de dezembro de 2017

José Carlos de Oliveira

fb.com/oliveirajosecarlos 

41 99844 8018 (WhatsApp)