“Quem tem que saber, sabe!”

Um bom cristão cansou de coisas feias que acontecem na comunidade da qual participa. Como inúmeros outros fizeram e farão por motivos semelhantes, trocou de comunidade e não adiantou. Pensou em afastar-se, porém, antes, procurou-me. Escutei-o, desabafou e pediu que lhe dissesse algo. Falei que vivencio situações semelhantes, entretanto, tento ter outras atitudes. Daquele encontro resultou este artigo e, antes, a volta do bom cristão à sua comunidade religiosa. Sua identidade não vem ao caso e o título do artigo explica o motivo…

 Ecl 1, 1-14; Mt 6, 1-18

Entre pessoas decentes e coerentes que me conhecem e sabem de algumas das atividades que realizo habitualmente, surgem cobranças para que as divulgue. Digo que o faço e me contestam dizendo que não divulgo quase nada: estão certíssimas!

Continue reading ““Quem tem que saber, sabe!””

Gotas da inesgotável fonte chamada oração

Deus não é obrigado a atender todos os pedidos e nem na hora e do jeito que cada fiel quer; não se presta a barganhas, superstições e oportunismos contidos em orações e ações pouco ou nada permeadas por valores cristãos: no entanto, multidões caem na esparrela de influenciadores sem formação, de pregadores de araque, uns famosos, sem isenção.

Fiel que se permite mergulhar no mistério da fé vai aderindo à verdade libertadora de que a vontade e o caráter de Deus a gente entende em parte e aceita no todo. Deus sabe o que nenhum fiel sabe, d’Ele provém somente o que é bom para todos (para todos = catolicidade ou universalidade). A fundamentada, honesta e sensata compreensão e aceitação de Deus que é possível alcançar nos conduzem a compartilhar delas e d’Ele com fartura e, quanto mais o fizermos, mais desfrutaremos do inesgotável amor divino.

Continue reading “Gotas da inesgotável fonte chamada oração”

O que é pastoral?

Pastoral, movimento e serviço

Pastoral é toda atividade indispensável para que a Igreja cumpra sua finalidade; remete aos Sacramentos e é vinculada ao bispo. Movimento não é atividade indispensável para que a Igreja cumpra sua finalidade; no entanto, todo movimento fundamentado e fielmente realizado é parceiro de valor inestimável à Igreja.

Pastoral e movimento podem ser serviço. Por exemplo, seus membros reúnem-se regularmente para pregar, estudar, cantar e orar por si e para que moradores de rua tenham pelo menos o que comer e para que os políticos sejam honestos, mas, não vão ao encontro deles; se vão ao encontro, com ações para ao menos dar aos famintos uma refeição com alguma regularidade, acompanhada de calor humano, e aprendem o que fazem ou deveriam fazer os políticos detentores de mandato eletivo, os fiscalizando permanentemente, é também serviço. São modos convergentes e complementares de se tentar alcançar os mesmos digníssimos propósitos, desde que um e outro modo não sejam usados para disfarçar omissões, alienações e nem para a satisfação infame de interesseiros: além da consciência de cada pessoa, “Quem tem que saber, sabe” (Antonio de Souza Netto, advogado e catequista)!

Continue reading “O que é pastoral?”

O que é Paróquia?

A Igreja é uma realidade tão rica que não cabe nos limites de uma definição. Seguem algumas considerações básicas, onde cada uma é assunto de riqueza inesgotável, para estudo e aprofundamento constante: que você perceba o quão profundas são estas considerações…

             Se você for ao dicionário encontrará que paróquia é delimitação territorial de uma diocese sobre a qual prevalece a jurisdição espiritual de um pároco; paroquiato; a população subordinada eclesiasticamente a um pároco; território delimitado pelas ruas A, B, C e D.

eclesiologia é o ramo da teologia cristã que trata da doutrina da Igreja: seu papel na salvação, sua origem, sua disciplina, sua forma de se relacionar com o mundo, seu papel social, as mudanças ocorridas, as crises enfrentadas, suas doutrinas, a relação com outras denominações e sua forma de governo. Nela a paróquia é: para (ao redor de) + quia (casa). Então, paroquianos são as pessoas que vivem ao redor da casa do Senhor.

Continue reading “O que é Paróquia?”

A virtude da penitência

Além de nominar um dos Sacramentos de Cura, o vocábulo penitência indica uma virtude.

A virtude da penitência é essencialmente interior, motivo pelo qual se diferencia atitude de ação: esta vem da aparência, do entendimento/compromisso raso ou equivocado; aquela nasce, cresce e permanece no coração e na mente, com entendimento/compromisso profundo e coerente. A Palavra alerta: “Rasgai vossos corações e não vossas vestes” (Jl 2, 13).

Continue reading “A virtude da penitência”

A virtude da misericórdia

Ser misericordioso é ser bondoso sem recessos e exceções, ser disponível sem esperar nada em troca, é ser bom samaritano (Lc 10, 30-35). “A misericórdia é a compaixão que o nosso coração experimenta pela miséria alheia, que nos leva a socorrê-la, se o pudermos” (Santo Agostinho, em A Cidade de Deus). Misericórdia é fé e são obras (CIC 2447).

O senso humano de justiça é “dar a cada pessoa o que lhe é devido”, é “pagar o que se deve”. O princípio divino da virtude da misericórdia supera a justiça, pois, oferece o que é bom com fartura, sem limites, com vontade de perdoar, mesmo quando o destinatário da oferta ainda não a quer aceitar ou não faz por merecê-la (CIC 211 e 2840).

Continue reading “A virtude da misericórdia”