O que é seleção? Você também seleciona!

Quando chegar o Natal e o Ano Novo, quem tiver mais dinheiro comprará castanhas e panetones a quaisquer preços. Quem tiver menos no bolso comprará pedaço de melancia e panetone em promoção, se os encontrar. Quem não tiver nada…

Com exceção de quem não veja nada nestas datas, seja “pão duro” demais ou tenha outro motivo específico, do mais rico ao mais pobre, todos escolheremos a castanha, panetone ou melancia olhando as boas condições da embalagem ou casca, o cheiro, a aparência geral, provaremos um pedacinho, se possível, enfim, qual seja o preço que possamos e queiramos pagar, vamos escolher o melhor. Mesmo nas liquidações, “queimas de estoque”, “raspas de tacho” ou “fins de feira”, sabendo que temos as sobras e os restos, tentaremos escolher o produto com melhores condições. E sob nosso ponto de vista, seja ele sensato ou equivocado e até influenciado por terceiros.

Continue reading “O que é seleção? Você também seleciona!”

“Ser igual ou ser exemplo?”

O homem que sabe fazer a parte dos outros e não a dele:     

  • Vi essa vaga no jornal e vim para começar a trabalhar.
  • O senhor trouxe currículo, documentos e referências?
  • Não. O anúncio não pedia nada disso, moça!
  • Desculpe, está aqui, com licença (indicando o anúncio no jornal comprado pelo próprio candidato). Mas podemos resolver; o que importa é que o senhor esteja apto para a vaga, não é mesmo?
  • Me dá o endereço da firma que vou lá agora!
  • Calma, não é bem assim. Posso explicar como precisamos fazer e…
Continue reading ““Ser igual ou ser exemplo?””

Qual é o objetivo de uma empresa?

Responder que é o lucro atesta que se é igual a qualquer um e indica que se está na média. Muitos que estão nessa condição são considerados bem sucedidos: alguns o são; e poderiam ser mais…

“A função de uma empresa é levar satisfação às pessoas, provendo a sociedade de um produto excelente a um preço que as pessoas possam pagar. O lucro é o resultado da prática competente dessa função” (Vicente Falconi – professor, empresário, autor de livros sobre gerenciamento, consultor e membro do Conselho da AmBev desde 1997).

Continue reading “Qual é o objetivo de uma empresa?”

Prosa

Durante processos seletivos, incontáveis candidatos aos postos de trabalho pedem orientações que os ajudem a melhorar ou gostariam de conversar demoradamente, até sobre outros assuntos. Meu modo de ser facilita a que muita gente assim faça ou queira fazer.

Simpatizante de uma boa prosa, avanço além duma tratativa curta, seca e fria. Que a prosa distraia, divirta e resulte em partilha de aprendizado, seja o interlocutor mais ou menos culto, instruído e preparado que eu: não tenho preconceitos para com os mais simples e necessitados de uma palavra, dica, motivação sincera, ou, no mínimo, um silêncio atencioso. Enquanto ensino e ajudo, aprendo e sou ajudado.

Continue reading “Prosa”

Chá de sumiço

Todas as etapas dos serviços prestados pelo selecionador de pessoal são críticas. A intensidade aumenta quanto mais ele seja honesto. Uma das realidades inevitáveis é saber que a manutenção e compensação da sua credibilidade, o trabalho e despesas geradas para o preenchimento de vaga existente dependerão de o candidato aprovado corresponder ao que dele se espera, na prática. Infelizmente, muitas, muitas e muitas vezes, mesmo os mais sérios e capazes selecionadores veem seu conceito diminuído e colocado em dúvida por causa de candidatos que ele ajudou a empregar e mostraram-se indignos do crédito recebido.

Continue reading “Chá de sumiço”

“Idade avançada?”

“Prezado sr. José Carlos, com respeito, venho perguntar sobre uma situação que me deixa intrigado. Eu tenho cerca de 18 anos de carteira assinada e mais de 16 anos de experiência na área em que procuro vaga no mercado de trabalho. Este ano a empresa em que trabalhei por 9 anos fechou e fiquei desempregado. Então comecei a enviar currículos por sites, e-mails, até em mãos, cerca de oitenta currículos, porém até agora somente obtive 2 respostas para possíveis entrevistas, mas sem resultado positivo. Desta forma me leva a crer que pelo fato de minha idade ser 36 anos, o mercado me excluiu das possibilidades de uma nova colocação. Eu pergunto porque uma pessoa com mais de 35 anos, não está mais apta para o mercado ? Não é por falta de experiência… o que é então? Aguardo sua resposta. Desde já obrigado. Um desempregado.”

Léo (nome fictício), obrigado pela deferência e por permitir divulgar sua indagação. Qual seja a resposta, sua satisfação plena só virá quando estiver empregado e feliz.

Continue reading ““Idade avançada?””

Emocional abalado

Tanto quanto eu, você também deve ter uma relação de argumentos prontos a dizer a quem esteja passando por momento difícil. Manifestações de solidariedade, compreensão, apoio, motivação, orientações e até certezas de que fazendo exatamente o que e como dissemos, melhoras virão e até soluções completas, por mais improváveis que possam parecer.

Continue reading “Emocional abalado”

Eles

Quem são ‘eles’? São pessoas ou instituições das quais falamos, geralmente, em tom crítico, nem sempre com tanta ou toda a razão que cremos ter: qualquer um que, num dado momento, seja considerado merecedor da nossa insatisfação, discordância, reivindicação, revolta, fofoca, maledicência e intriga. Às vezes, ‘eles’ são os destinatários dos nossos comentários elogiosos.

Continue reading “Eles”

Emprego e trabalho

Segundo o Dicionário Aurélio, Emprego é cargo, função, ocupação em serviço particular, público, etc.; colocação. Lugar onde se exerce emprego. Trabalho é aplicação das forças e faculdades humanas para alcançar um determinado fim. Atividade coordenada, de caráter físico e/ou intelectual, necessária a realização de qualquer tarefa, serviço ou empreendimento. Tarefa para ser cumprida.

Pessoas perderam ou perderão os seus empregos por terem fugido da obrigação de trabalhar. Se você conhece alguém que tem o privilégio de estar empregado, sem precisar trabalhar, saiba que isso é exceção e exemplo a não seguir. Quem garante que no seu emprego atual ou futuro isso dará certo?

Continue reading “Emprego e trabalho”

Velho e velhaco

O velho

Ele tem 56 anos, grisalho, bigodudo, voz forte, grave, bonita, marcante sotaque, muito educado. Só tem a 4ª série do ensino fundamental, mal sabe ler; vocabulário precário e limitado, seus conceitos e comportamento, embora honesto, não o tornam interessante para o mercado de trabalho. É mecânico, aprendeu na prática; algum curso? ” – Nunca pude fazer…” Seu discurso, comum demais:

” – Sou honesto, trabalhador e sei mais do que muito moço que estuda, mas não sabe nem trocar um *bico. Eles não dão chance porque me acham velho, não tenho registro em carteira e estudei pouco. Que culpa eu tenho se precisei trabalhar desde cedo e agora não tenho mais idade pra isso?”

Continue reading “Velho e velhaco”