Mesmice ou oportunidade?

A pior crise a prejudicar alguém é a da mesmice!

Política partidária, serviço público, economia, mídia, religião, sustentabilidade, mercado de trabalho e outras grandes atividades ou temas – cheios de gente que os realiza com populismo, demagogia, massificação, alienação, hipocrisia, obtusidade – contribuem para que o Brasil permaneça injusto e medíocre em infraestrutura, saúde, segurança e, antes, educação, estando na rabeira de diversos indicadores internacionais. Isto explica e justifica crises políticas e econômicas? É mesmice ou oportunidade?

Continue reading “Mesmice ou oportunidade?”

O profissional que seleciona

Gestor e gerente de recursos humanos, selecionador de pessoal, headhunter, coach, recrutador e empregador são gente como você. Têm sonhos, problemas, limites e carências. Erram, e mesmo quando acertam nem sempre satisfazem a si ou todos com os quais interagem.

Supõe-se que, no exercício do seu ofício, sejam altamente profissionais, repletos de habilidades indispensáveis; extremamente observadores e estudiosos da natureza humana, fazendo disso trunfo para um pensar e agir repletos de equilíbrio, ética, sensatez e objetividade. Eis que assim é, porém, nem sempre; não com todos. Como nos vários setores do viver, há aqui também os embusteiros: os sérios e não capazes, os capazes e não sérios, os nem capazes e nem sérios.

Continue reading “O profissional que seleciona”

Referências pessoais e profissionais

Quando alguém, sob a condição de se prestar a referência pessoal ou profissional, faz comentários positivos, nem sempre diz a verdade. Quando faz comentários negativos, nem sempre diz a verdade também. Conscientemente ou não, além das mentiras, podem ocorrer distorções, omissões e exageros decorrentes de boas ou de más intenções.  Está acesso o estopim para injustiça contra ou a favor de algum(ns) do(s) envolvido(s).

Sob a parcialidade da qual ninguém escapa, poderia citar os motivos mais comuns para que isto aconteça – há a vontade de ajudar, de não se incomodar ou de parar de se incomodar o quanto antes, e, mesmo, medo de retaliações (infundadas ou não…), por exemplo.

Continue reading “Referências pessoais e profissionais”

Medíocre ou notável

           

“O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros!” (Confúcio)

Desaprovamos corrupção, nepotismo, privilégio, mentira, preguiça, violência, inveja, indiferença, ignorância, indisciplina, ganância, calúnia, fofoca e tudo que seja ou pareça negativo segundo o senso comum e, principalmente, contrarie nossas opiniões, valores ou interesses, quando envolvem terceiros sem maiores vínculos conosco, estranhos, divergentes e desafetos. E reagimos com indignação, discriminação, crítica, retaliação, afastamento, rancor etc,  pouco ou nada importando o quanto posturas em “nós e eles”, ou do que se noticia e comenta das partes envolvidas, possuam verdade, legalidade, ética e alguma razoabilidade: indispensáveis para melhor conferir, refletir, transigir e decidir (e nem sempre totalmente ou definitivamente)…

Continue reading “Medíocre ou notável”

A substituição

Cláusula presente nos contratos de prestação de serviços firmados entre o empregador e a agência de empregos é a que trata da eventual substituição do candidato aprovado, que iniciará o trabalho e, se não der certo, pedirá para sair ou será convidado a fazê-lo. O prazo da vigência, o número de substituições, se com ou sem custo adicional, varia entre as agências. O que não varia é a delicadeza do compromisso, tanto maior quanto mais séria seja a empresa prestadora do serviço.

Os recrutadores e selecionadores capazes e éticos, ou o empregador diretamente, trabalham para que o primeiro candidato aprovado tenha o desempenho que dele se espera, supere-o até, e construa longeva permanência na empresa. Em havendo qualidade no processo, muito mais acertos que erros, a grande maioria dos atendimentos resultará em êxito. Porém, incontáveis são os motivos justificáveis para que um empregado sério, capaz e adequado não interaja bem com o seu novo empregador, por melhor que este também o seja. E, a despeito de gerar algum desgaste às partes envolvidas, a substituição será inevitável, sem tantos transtornos. Nesses casos, o candidato entra e sai pela porta da frente: de modo algum será considerado desonesto, preguiçoso ou incompetente.

Continue reading “A substituição”

Fazer de conta ou fazer de verdade

“Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres humanos são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas para satisfazê-los. Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro.” Dalai Lama

Jovens foram parar na delegacia de polícia, flagrados tentando fraudar o vestibular de medicina numa faculdade particular. Se aprovados, suas famílias pagariam uns milhares de reais de mensalidade. Sendo todos de outros estados, haveria a despesa com moradia, transporte e tudo o mais que somente a mensalidade não pagaria. Se não tivessem sido flagrados, alguns ou todos viriam a fazer o belíssimo e indispensável juramento de Hipócrates, numa bem produzida série de eventos alusivos à formatura, mas, teriam começado como hipócritas.

Continue reading “Fazer de conta ou fazer de verdade”

Por que as vagas se repetem?

“… tenho acompanhado os seus artigos no jornal “Mais Empregos”, e, se for possível gostaria de obter algumas informações com você. Sou formado em adm. de empresas, com experiência na área administrativa e financeira, e tenho percebido que as vagas que são apresentadas tanto nos jornais, quanto nos sites, estão se repetindo; percebo as mesmas descrições e os mesmos cargos todas as semanas. Você saberia me informar se existe uma época mais propicia para vagas nas áreas administrativa e financeira, e se o fato das vagas se repetirem semanalmente, seria  por causa do tempo de contratação? Você saberia avaliar em média, quanto é esse tempo? Desde já muito obrigado, aguardo sua resposta.”

Continue reading “Por que as vagas se repetem?”

Currículo ou Curriculum Vitae

Selecionadores de pessoal têm o mesmo propósito e variações na realização dos seus serviços. Em havendo legalidade e respeito, tais variações são justificáveis.

Entrevistar cada candidato antes de cadastrar seu currículo permitiria acrescentar observações e informações que facilitassem a que fossem chamados para eventual oportunidade aqueles com maiores chances de acerto. São tantos candidatos que fazer isso – com mesmo tempo, atenção e critérios para todos – é impossível.

Continue reading “Currículo ou Curriculum Vitae”